quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

 CENA 

 

(Júlia e Joana são amigas. Elas se juntam a procura do gatinho de estimação de Joana, que se escondeu numa casa bem escura). 

 

I Ato 

 

JÚLIA: _ Joana, que casa escura (expressão de medo), como vamos achá-lo? 

JOANA: _ Calma, Júlia! Pegue uma lanterna. 

JÚLIA: _ Vem comigo,  com medo! 

JOANA: _ Medrosa! (ri) 

JÚLIA: _ Homi, vem logo! 

(Elas escutam uma zoada) 

JÚLIA: _ Será que é o gatinho? 

JOANA: _ Não sei. Só vamos saber indo lá! Júliaaaa, (fala de Joana seguida de um grito), algo passou entre as minhas pernas! 

JÚLIA: _ Medrosa (ri)! Depois a medrosa sou eu?! Deve ter sido o gato, sua lesa! 

JOANA: _ Engraçadinha! Tomara que tenha sido ele mesmo. 

JÚLIA: _ Vamos logo, ele deve estar aqui por perto! 

 

II Ato 

 

JOANA: _ Mulher, e se não tiver sido ele que passou entre as minhas pernas? Será que foi um fantasma!? 

JÚLIA: _ Para com isso e vem logo, sua medrosa! (rir) 

JOANA: _ Só queria ver a sua cara se tivesse sido com você!!! (expressão de raiva) 

(As meninas escutam novamente uma zoada, só que desta vez é bem mais alta) 

JÚLIA: _ Você escutou isso? Ele está por aqui! É o gatinho! 

JOANA: _ Escutei. Vamos lá! 

JÚLIA: _ JOANNNNA!!!! (fala gritando) 

JOANA: _ O que fooi? (expressão de susto) 

JÚLIA: _ Achei ele!!! 

JOANA: _ E precisava desse grito? 

JÚLIA: _ Era pra ver se você é mesmo medrosa. Pelo visto ficou comprovado! (rir) 

JOANA: _ Homi! 

JÚLIA: _ Vamos embora, ainda bem que achamos o gatinho! 

JOANA: _ Nunca mais volto aqui! 

 

Texto teatral escrito pela estudante Maria Eduarda Ribeiro Alves Pereira 

 

 

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

                      Cena teatral produzida pela estudante Carla Mirely Santana dos Santos
 

quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Fanzine produzido pela estudante do 9º Ano Carla Mirely Santana dos Santos
Onde tem "floreça", leia-se floresça.
 

domingo, 20 de dezembro de 2020

quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Fanzine com o tema: "Prevenção ao suicídio". Produzido por Ingrid Beatriz Ribeiro dos Santos / estudante do 9º Ano da Esc. Municipal José Nunes de Santana.


 

quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

                                     Manifesto contra o crime ambiental


O crime ambiental no Brasil vem aumentando bastante em decorrência da ação descontrolada do homem em destruir florestas para o cultivo e criação de gado, desmatamento de áreas de preservação ambiental, uso de produtos tóxicos nocivos à saúde humana e ao meio ambiente. Isso compromete o equilíbrio do planeta, pois prejudica o ser humano, os animais, enfim, causa sérios danos a todos nós. Por isso, é necessário que o Ministério do Meio Ambiente (MMA) implemente novas formas de proteção e recuperação do meio ambiente, para que assim ocorra a preservação sustentável, sem que haja prejuízos ao nosso ecossistema.

Segundo dados da Detecção de Desmatamento em Tempo Real (DETER), que teve o levantamento realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INEP), mostrou que entre janeiro e julho de 2019, o desflorestamento foi 67,2% maior que no mesmo período de 2018. Esse alto índice de desmatamento se dá em virtude de atividades praticadas ilegalmente, assim como pela falta de fiscalização e combate aos crimes ambientais.

Nesse sentido, faz-se necessário que os órgãos de fiscalização ligados ao governo atuem de forma mais rigorosa no sentido de combater e punir aqueles que destroem o meio ambiente. A sociedade também pode e deve colaborar realizando denúncias sobre práticas irregulares, além de buscar adquirir produtos de empresas que respeitem e preservem a natureza. Precisamos apoiar e incentivar práticas que promovam a sustentabilidade.

Além disso, é necessário também que a população dê a destinação correta do lixo que produz, não jogando lixo na rua e nem em terrenos baldios, não ateando fogo em lixos próximos a áreas florestais, evitando que as chamas se alastrem e provoquem grandes queimadas. 

Por tudo isso, seja um defensor do meio ambiente. Todos nós somos responsáveis pela preservação ambiental, diga NÃO a práticas que desrespeitam e destroem o nosso ecossistema, cobre das autoridades medidas mais enérgicas no combate a destruição de nossas florestas. Governos, atuem no sentido de evitar o desmatamento descontrolado. Empresas, exerçam medidas que garantam o desenvolvimento sem agredir e destruir o nosso meio ambiente. 


Manifesto produzido pela estudante Maria Eduarda  Ribeiro Alves Pereira, do 9º Ano da Esc. Municipal José Nunes de Santana





terça-feira, 8 de dezembro de 2020


Infográfico produzido pela estudante Enedy Raville  da Silva Gomes / estudante da Esc. Municipal José Nunes de Santana
 

  CENA     (Júlia e Joana são amigas. Elas se juntam a procura do gatinho de estimação de Joana, que se escondeu numa casa bem escura).     ...